domingo, 28 de fevereiro de 2010

Ainda estarei aqui, no mesmo lugar, mas sozinha.

E eu continuarei aqui
Mas não no mesmo lugar
Não do mesmo jeito.
Estarei onde nunca estive antes
Ou onde eu não me lembro de ter estado.

As risadas, os abraços, tudo
Estará perdido
Num lugar distante
Daqui,
De onde eu vou ficar.

Não sei o que vai me acontecer
Não faço a mínima idéia do que vou fazer.
Só me lembro de ter me imaginado aqui,
Sozinha novamente
E lembro de ter sentido um enorme vazio
Uma grande dor no peito
A cada vez que procurei seu rosto
E não encontrei.

Não posso pedir para que não vá
Não posso ao menos fazer alguma coisa
Só não quero dizer adeus.

Apenas espero que volte algum dia a te ver
Ao menos de relance
Para saber que ainda está
Aparentemente tudo bem.

Um comentário:

ANA CLÁUDIA disse...

Você só ficará só, se quiser.